sexta-feira, 15 de abril de 2011

ATUAÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL NA EMPRESA

Já explicamos o que é ser um profissional de assistente social não é mesmo?
Porém muitas pessoas desconhecem onde estes profissionais devem e podem utilizar seus conhecimentos.

O campo de atuação deste profissional é extremamente amplo, e partindo do principio de que este profissional está ligado diretamente a todas as pessoas, ou melhor, direto na sociedade.
Encontramos essa resposta nas constantes transformações que a sociedade vem sofrendo com a reestruturação produtiva, que interfere nas relações sociais e de trabalho e que demonstram a necessidade de uma profissão atuante nestas áreas.
Dentro do aspecto da empresa, o serviço social possui uma forma expressiva de sua participação, pois devido a sua flexibilização no processo de produção é notória a repercussão direta nas relações de trabalho e na gestão da força de trabalho, já que a expansão do capital apresenta novas necessidades sociais junto aos empregados e sua família.
Essa necessidade é uma preocupação, a qual existe em uma empresa com verdadeira responsabilidade social, com seus empregados e familiares.
Empresas socialmente responsáveis apresentam também aspectos de uma Abordagem Humanística dentro do da área de Recursos Humano, já que os fatores sociais, psicológico, grupais, motivacionais, fazem diferença no envolvimento do trabalhador com o trabalho, e com a produtividade. O assistente social serve de mediador entre as partes, na busca do equilíbrio interno e externo, para satisfação dos trabalhadores.

Entre todos os benefícios de se ter um profissional de Serviço Social em sua empresa, não só visando a produtividade, é a certeza de que sua atividade estará prestando serviços de tratamento de necessidades especiais nas diversas áreas da saúde e da educação, trazendo um trabalho de vivência em grupo, discussões a respeito dos sentimentos e das dificuldades e não se pode negar a importância desse trabalho para o trabalhador e sua família.
Toda esta política social contribui não só para a empresa ter uma maior rentabilidade, respeito da sociedade, como também para que o trabalhador tenha condições de realizar-se no trabalho, já que o trabalho é um fator incondicional a sua sobrevivência, além de fazer com que a intervenção do assistente social eleve a realização do trabalho a um nível muito mais humano.

A EMPRESA E SEUS LÍDERES

Alguns funcionários se declaram propensos a deixar de aceitar convites de outras empresas, para permanecer na mesma empresa ao lado do seu chefe. E isso até mesmo em situações em que a oferta salarial é maior.
A razão dessa mudança no relacionamento entre: empresa, chefia e subordinados, está no aparecimento de uma nova postura, a Responsabilidade Social, esta consciência gera o principal motivo de satisfação no trabalho, como também ter um chefe Líder.
O Líder é uma pessoa que sabe dividir os seus conhecimentos. Não é alguém que se acredite superior a todos, dono da verdade. Ao contrário, passa sua experiência, sua sabedoria aos subordinados, num incentivo para que possam crescer como pessoa e como profissional.

Um verdadeiro líder, não teme ser substituído e compartilha de tudo que sabe com aqueles pelos quais guarda a responsabilidade da condução e orientação. É também uma pessoa que aponta os erros aos funcionários e lhes explica a forma correta de fazer.
Não retira a tarefa de quem errou, ao contrário, pede que ele refaça a atividade, sob sua supervisão e orientação diretas.
O líder sabe fazer críticas, mas também faz elogios, atento especialmente para àqueles que necessitam de estímulos a fim de melhor exercer as suas atividades.
Por conhecer o seu pessoal, incentiva a equipe a desenvolver o seu potencial, estabelecendo metas e sugerindo estratégias. Aceita sugestões, abre espaços para um diálogo franco e aberto. Permite que todas as idéias sejam colocadas na mesa e, com calma, analisa uma a uma em conjunto com o grupo.

A Empresa ideal e o chefe ideal, são assim, sabem que podem e devem trabalhar em equipe, valorizando e respeitando a todos e obtendo como resultado a felicidade do coletivo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário